Tendinite calcarea






Imagem encontrada no excelente Radiologia do Esporte


É uma tendinopatia (alteração da espessura do tendão) com formação de calcificação (depósito de Cálcio) no manguito rotador (estruturas anatômicas que compõe a articulação do ombro), geralmente acontece no tendão do músculo supraespinhoso.

Na maioria dos casos, evolui com regressão do quadro, há reabsorção do cálcio e diminuição da dor. Eventualmente isto não acontece, sendo necessário tratamento de reabilitação com fisioterapia, infiltração e até terapias por onda de choque (um tipo de ultrassom como aquele que trata da "pedra no rim").

Qual a localização das calcificações? 
Qualquer tendão do manguito rotador pode ser acometido. 
Supraespinhoso é o mais acometido (50 a 80% dos casos) 
Idade: 4 década nas mulheres e 5 década nos homens (discreta incidência maior em mulheres ) 

Como é feito o Diagnóstico? 
Rx simples 
Depósitos de cálcio intratendinosos não contínuos com a cabeça do úmero. 
Diagnostico diferencial com calcificações pequenas na região do grande tuberosidade que estão relacionadas com osteoartrose e doença degenerativa

Qual o melhor Tratamento? 
 Terapia não operatória em 90% dos casos. 
 AINE, termo-terapia, físio analgésica, etc. 
 Terapia por Ondas de Choque (TOC) 
 Punção e lavagem 
 Cirurgia Aberta ou Artroscópica


Tendinite calcarea Tendinite calcarea Editado por Dani Souto on 06:44 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.