Cuidados e tratamentos para a tendionose







A tendinose é decorrente de microlesões repetitivas. Constantemente nossos músculos e tendões são tensionados e sofrem lesões a nível celular. Essas pequenas lesões são curadas em pouco tempo e o músculo e tendão se fortalecem após esse processo. É nisso que os treinos de fortalecimento são baseados. Mas quando não é dado o tempo necessário para acontecer essa recuperação e o tendão já é submetido a outra sobrecarga, as microlesões começam a se acumular, até que chega ao ponto em que as dores aparecem.

Veja alguns cuidados e tratamentos para a tendionose:

Repouso: a cada 20-30 minutos, um intervalo de 5 minutos. Na fase aguda, pode ser necessário ainda mais repouso.

-Adaptações ergonômicas: pequenos ajustes no ambiente de trabalho, casa, esporte e lazer podem fazer grande diferença. Recorra a especialistas.

-Uso de órteses: em alguns casos o uso de imobilizadores ou bandagens pode ajudar na recuperação.

-Alongamento e mobilização leve: ajudam a melhorar a circulação sanguínea e organizar o colágeno.

-Uso do gelo: por 20 minutos, com intervalo de pelo menos 2 horas entre as aplicações, principalmente se tiver feito atividades que forcem o tendão lesionado.

-Fortalecimento excêntrico: exercícios leves e direcionados, 1-2 vezes por dia, por 12 semanas, tem mostrado eficácia em casos de tendinose.

-Massagem: técnicas específicas como a fricção transversal profunda, crochetagem mioaponeurótica e a pompagem miofascial têm mostrado bom resultado.

-Alimentação: Alimentos com vitamina B6, C e E, além do manganês e zinco são importantes na síntese do colágeno e saúde do tendão.


Dicas para Profissionais:
  • Guia de Testes Ortopédicos
  • Curso de Agulhamento a Seco (Dry Needling)
  • Curso - Aprenda Auriculoterapia
  • Curso - Aprenda Ventosaterapia

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário